Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Carta de motivação Maiores de 23 (com exemplo)

por Mário Botelho, em 03.03.16

Este é um dos aspectos que durante a preparação para apresentação da candidatura mais dúvidas encontrei espalhadas por fóruns e blogs quando buscava exactamente resposta às minhas.

 

A carta de motivação deve de forma geral focar os seguintes tópicos: as razões pelas quais desejas ingressar no ensino superior, as capacidades que entendes deter para a frequência do curso superior em que te desejas inscrever, em que medida é que este pode acrescentar maior valor aos conhecimentos já adquiridos e à evolução da tua vida profissional (caso a tenhas), e quais as aspirações profissionais no futuro.

 

Pessoalmente, e apesar de considerar a apresentação deste documento um pró-forma, encarei-o como o primeiro momento para demonstrar real interesse na candidatura ao Ensino Superior. Tenta criar um texto teu, que exprima o que de facto esta etapa significa para ti, exprime entrega e compromisso.

 

Abaixo segue como exemplo a carta de motivação que apresentei e que pode ser dividida, de forma facilmente identificável, em quatro partes: Declaração de Intenções; Demostração de conhecimento sobre o curso escolhido; Esplanação da origem da motivação e do timing da candidatura; Conclusão.

 

Exemplo Carta de Motivação Maiores de 23

 

Espero que auxilie na estruturação das vossas ideias!

 

Um abraço!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Candidatura Maiores de 23

por Mário Botelho, em 01.03.16

Ensino Superior pelos Maiores de 23, a quem se destina?

A todos os candidatos que tenham 23 ou mais anos, ou que completem 23 anos até ao dia 31 de Dezembro do ano em que se candidatam, e não possuam habilitações para uma candidatura pelo contingente geral (escolaridade insuficiente, prova de ingresso em falta, etc.)

 

Se já decidiste que queres iniciar esta caminhada, se cumpres o requisito acima, se já sabes em que curso te queres inscrever e em que instituição o vais fazer, chegou a altura de iniciares a tua Candidatura (se não sabes, clica aqui).

 

 

Candidatura

 

A candidatura ao Ensino Superior pelo acesso Maiores de 23 passa por várias fases, a saber:

 

1ª Fase - Inscrição na Prova de Ingresso: este é o momento em que te diriges pela primeira vez à instituição (ou instituições, caso tenhas decidido candidatar-te a mais do que uma, o que é perfeitamente possível, não existe qualquer impedimento) que escolheste. Deves então aproveitar para dar uma vista de olhos nas instalações e sentires o ambiente, o espaço, visto que é lá que passarás os próximos anos. Para efectivares a candidatura terás de te fazer acompanhar da seguinte documentação, cópias e originais, datada e assinada e pagar um valor que ronda os 50/60€ em instituições públicas:

 

  • Fotocópia do Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão;
  • Impresso de candidatura - fornecido e preenchido no momento;
  • Currículo escolar e profissional;
  • Certificado de Habilitações;
  • Comprovativos da experiência profissional desenvolvida e outros elementos que consideres relevantes para a avaliação da tua capacidade para frequência do curso de licenciatura a que te candidatas;

 

certas instituições exigem ainda:

 

 

2ª Fase - Realização da Prova: neste dia estarás numa sala com várias pessoas com o mesmo objectivo que tu. Verás pessoal engravatado, pessoal de calções e chinelos, e ver-te-ás a ti novamente com uma calculadora gráfica na mão, tal como eles, na esperança de alcançares mais que 9,5 valores. (Também este valor varia de instituição para instituição, sendo o espectro que conheço entre 8,5 e 10 para uma aprovação na prova).

 

3ª Fase - Entrevista: caso tenhas obtido classificação positiva na prova serás notificado para comparecer a uma entrevista com alguns docentes da universidade. Será uma entrevista apenas para te dares a conhecer um pouco, não serão testados quaisquer conhecimentos (relax).

 

4ª Fase - Candidatura ao Ensino Superior: Após tudo isto não é garantido ainda o teu ingresso no Ensino Superior. São emitidas vagas, um número restrito, para o acesso Maiores de 23. Terá a tua candidatura, no somatório prova + entrevista, que obter uma nota que te permita situar acima da nota dos de mais candidatos.

Usualmente, as vagas nunca são totalmente preenchidas por o número de alunos a obter classificação positiva na prova escrita ser estrito. Exemplo: 100 candidatos, 8 vagas, como apenas 5 dos 100 obtiveram aprovação à prova de ingresso, esses 5 entram naturalmente. Mas cuidado, se apenas abrissem 4 vagas um ficaria de fora apesar de nota positiva na prova... Não queiras ser esse, estuda e tira uma boa nota!

 

NOTA: A leitura deste e doutros posts que expressem mais do que opinião não dispensa de forma alguma a leitura dos regulamentos internos de cada institiuição.

 

Um abraço!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D